Publicado por: fagocitandooplaneta | outubro 5, 2010

Sh*t My Dad Says

Os tweets que deram certo.

“Filho, ninguém dá a mínima para o que o seu celular faz. Não foi você quem inventou. Você só comprou. Qualquer um pode fazer isso.” Justin Halpern, 29 anos, começou a colocar no Twitter as frases rabugentas do pai, de 74. E seu perfil @shitmydadsays ganhou 1,5 milhão de seguidores.  Até aí, tudo bem.  A diferença é que Justin colocou os tweets num livro e, surpresa: seu Sh*t  My Dad Says chegou ao topo dos mais vendidos de New York . E virou uma série que estreou na CBS, com William Shatner no papel do pai. Quem disse que falar m*rda no twitter é perda de tempo?

Depois de ser abandonado por sua namorada de longa data, Justin Halpern, 28 anos,  voltou a viver com Sam Halpern, seu pai de setenta e três anos de idade.  Ao voltar para casa, Justin, começou a gravar todas as coisas ridículas que seu pai lhe dizia: “Escolha o seu mobiliário como se escolhesse uma esposa: Ele deve fazer você se sentir confortável e ter uma boa aparência, mas não tão boa, se não, alguém passa, vê e ainda vai roubá-lo”. “As pessoas da sua idade sabe como pentear o cabelo?” A pior coisa que se pode ser, é mentiroso… Ok, tudo bem, sim, a pior coisa que se pode ser é nazista, mas então o número dois é mentiroso. “Nazista um, dois mentiroso.” Mais de um milhão de pessoas, agora segue as reflexões filosóficas de Halpern no Twitter, e neste livro, seu filho, seleciona as melhores frases citadas por seu pai.

Fonte: Revista Super, ed. 282

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: